Economia Circular

Soluções Circulares da motan

Fatores de sucesso na economia circular

"Os plásticos são valiosos demais para serem jogados fora" é uma das teses que têm de ser colocadas no mundo de hoje – ao mesmo tempo, um mundo sem plásticos não seria mais concebível por diversas razões. Ele é usado em uma grande variedade de aplicações, seja em bens domésticos ou embalagens, construção de veículos e aeronaves, em eletrônica, em medicina ou no setor da construção. É quase indispensável e, ao mesmo tempo, contribui para com a eficiência dos recursos, ajudando a economizar óleo e combustível, por exemplo, seja como material isolante ou leve.

Problema ambiental dos "resíduos plásticos" e recursos escassos
Os resíduos plásticos são agora considerados um problema mundial a ser resolvido pela sociedade como um todo. Ao mesmo tempo, porém, a procura de matérias-primas e o crescimento da população mundial estão aumentando a escassez de matérias-primas. A economia de reciclagem (também conhecida como Economia Circular) é, portanto, um tema central para a indústria de plásticos.Economia circular como solução para a reciclagem de plástico
A economia circular é um sistema regenerativo no qual o maior número possível de materiais existentes são compartilhados, alugados, reutilizados, reparados, remanufaturados e reciclados pelo maior tempo possível. Isto prolonga o ciclo de vida dos materiais.
É por isso que é tão importante manter em casa todos os recursos disponíveis. A este respeito, uma economia circular que funcione bem pode ser um complemento útil e necessário para salvar o valioso "plástico" e ajudar a tornar novamente positiva a avaliação geral, ou seja, a imagem atualmente enfraquecida do plástico.
 
 

Boas condições para reciclar plásticos
Os plásticos oferecem propriedades ideais em termos de reciclagem. Um pré-requisito para uma economia circular funcional é, no entanto, que todos os participantes, desde os produtores de plástico até os processadores, bem como os clientes e os responsáveis pela reciclagem, cooperem e comuniquem-se entre si ao longo de toda a cadeia de valor.  
Outra condição prévia para uma economia circular eficaz é obter resíduos plásticos de qualidade tão pura quanto possível. Isso porque o plástico puro oferece melhores propriedades para reciclagem. O objetivo disso é gerar as quantidades de material reciclado necessárias para a reciclagem de novos produtos de plástico. O progresso no desenvolvimento dos sistemas de triagem e separação vem contribuindo para isso.

A motan como parceira em três áreas de peças de plástico
Nós nos vemos como parceiros das três áreas de peças de plástico: a fabricação de materiais virgens, a de materiais reciclados e o processamento do plástico. Em nossa opinião, a ligação em rede dos processos de produção – geralmente também chamada de Indústria 4.0 – desempenha um papel importante em termos de uma economia circular funcional. Os dados dos produtos motan já estão disponíveis através da interface OPC-UA. No futuro, serão adicionados mais dados, o que possibilitará a criação de um ciclo de dados quase completo dentro dos ciclos de processamento. As propriedades dos reciclados, que mudam após repetido processamento, também podem ser alimentadas e usadas, dentre outros, para uma dosagem precisa.
Para garantir a qualidade, a tecnologia de sensores será mais do que nunca necessária para conectar e compartilhar todas as informações.
O êxito da indústria de reciclagem depende diretamente da transparência quanto à noção exata daquilo que foi incorporado num produto e para onde esse produto será repassado.

A responsabilidade repousa também sobre os consumidores
A fim de estabelecer uma economia circular funcional, eum última instância, recaem exigências sobre todos enquanto consumidores. Isto diz respeito tanto ao comportamento em matéria de prevenção e separação de resíduos como à aceitação de produtos de reciclagem. Uma grande quantidade de informação neste domínio continua sendo necessária.

No final, é importante fazer uma avaliação realista do quadro possível. Se, por exemplo, os resíduos misturados e poluídos não puderem ser reciclados devidamente, esses fluxos de resíduos devem ser encaminhados à recuperação (química) de matérias-primas. Quanto a isso, já existem alguns projetos muito promissores. Só no final da economia circular é colocada então a avaliação energética, de preferência com uma recuperação de energia eficiente.